Deficiente auditivo diz que foi agredido por policial em Assis

Um homem de 53 anos, deficiente auditivo, afirma que apanhou de um policial militar que fazia segurança em um supermercado de Assis (SP). A vítima foi acusada de furtar um pacote de açúcar. Na versão do supermercado, o cliente é quem teria provocado o segurança.

Uma mulher que estava entrando no supermercado no momento em que tudo aconteceu confirmou a agressão do segurança. Ela contou que a vítima levou um soco no rosto e foi parar em cima de uma caminhonete e com sangrando.

Na frente do supermercado resta açúcar no chão, já que o pacote teria estourado depois da agressão. As câmeras do estacionamento não flagraram a ação. A versão do dono do supermercado é completamente diferente. Ele disse que tudo aconteceu depois do senhor ter pego uma sacola de uma das clientes no caixa.






O sacoleiro e o segurança teriam pedido para ele devolver. O homem devolveu, mas teria xingado o segurança. Em seguida, foi colocado para fora, onde a agressão teria ocorrido. O segurança é policial militar e fazia ‘bico’ nas horas de folga. A Polícia Civil irá investigar o caso.

O supermercado informou que a empresa de segurança é terceirizada e não tem contato com os profissionais. Já a Polícia Militar disse que ainda não foi notificada, mas que o bico não é permitido por lei. Se for constatado que de fato se tratava de um policial, ele será punido.

Fonte: G1






Deixe seu comentário