Motorista que causou morte ao dirigir embriagado é solto em Assis, SP ‎

O homem que provocou um acidente que matou duas pessoas ao dirigir embriagado, na primeira semana de janeiro, em Paraguaçu Paulista, interior de São Paulo, foi solto da prisão nesta terça-feira (17). Ele estava preso em uma penitenciária em guia de Assis e conseguiu o direito de responder o processo fora da prisão ao pagar cinco salários mínimos à justiça.

Relembre o caso
O homem, de 42 anos, dirigia o carro e dava carona para cinco pessoas no momento em que bateu contra um poste. Os fios de alta tensão caíram sobre o veículo.






Então um homem de 42 anos, e sua filha, de 10, tocaram os cabos ao sair do veículo e foram eletrocutados. Os outros três passageiros sofreram queimaduras leves.

Garrafas de vinho e latas de cerveja foram encontradas dentro do automóvel. O motorista estava visivelmente embriagado, tanto que dormiu no carro da polícia e depois, na delegacia.

Ele foi preso em flagrante e indiciado por homicídio doloso, aquele em que há intenção de matar. No caso, por ter ingerido bebida alcoólica e ter assumido o risco de causar um acidente fatal.

Fonte: G1






Deixe seu comentário