Sacristão é suspeito de abuso na região de Assis

O sacristão de uma igreja em Paraguaçu Paulista, região de guia de Assis, é suspeito de abusar sexualmente de mais de cinco meninas. As vítimas foram ouvidas pelo conselho tutelar da cidade e todas confirmaram as acusações.

Uma das meninas, de 12 anos, afirmou que o sacristão Luiz Bezerra abusou dela e de uma amiga em 2010, quando as duas faziam parte de um grupo de coroinhas na igreja. A mãe da adolescente, quando ciente do caso, registrou um boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher.






O Conselho Tutelar de Paraguaçu paulista investiga agora as denúncias e ainda deverá ouvir as outras adolescentes citadas durante o relato das vítimas.

O sacristão, que trabalhava na igreja há 20 anos, foi afastado das atividades a cerca de um mês, por determinação do Bispo de Assis.

Outras testemunhas que também trabalham dentro da igreja afirmam que já haviam alertado a diocese e o padre da igreja sobre os possíveis abusos.

Fonte: Portal BandNews






Deixe seu comentário